Apetrechos para photo booth – como eu fiz

Sim, eu con segui fazer meus apetrechos! Já tinha contado aqui como eu comecei a fazer, mas, para se ter uma ideia, a história é a seguinte: encontrei os arquivos para impressão em alguns blogs diferentes (na verdade, dois: o da Constance Zahn e o Oh Happy Day), imprimi, recortei e… lá fui eu até a Papelaria Universitária comprar um papel mais durinho.

O tutorial do Oh Happy Day (falei sobre isso aqui) falava para colar em papel metier e recortar com um estilete de alta precisão (não consegui encontrar a tal de Exacto Knife em nenhum lugar, mas achei um joguinho com três estiletes que, diz a embalagem, são de alta precisão).

Só que o tal papel metier é caro… R$ 9,90 uma folha A3 e eu não tive coragem de comprar. Peguei o papel Paraná (R$ 1,00 a unidade de A3). Por mais que ficasse durinho, não conseguia recortar. As rebarbas ficaram horrorosas e não houve precisão em estilete ou tesoura que conseguissem consertar. Resolvi, então, que eu teria que comprar ou isopor (porque o teste com um daquelas bandejinhas de frios funcionou) ou o próprio metier. Procurei isopor, mas todos que encontrei eram muito grossos e eu corria o risco de o isopor acabar quebrando. E aí, entre as embalagens de coisas que comprei na 25 de Março outro dia, encontrei um papel que parece metier. Mas eu não tenho certeza.

Tentei fazer com ele e achei o máximo, mas…

E aí, lá estava eu decepcionada comigo e com a minha photo booth, pensando em como eu poderia resolver isso e já considerando desistir, quando eu peguei um papel reciclado 180g (e peguei este, na verdade, porque eu o utilizo como teste para tudo) e pensei “Bem que poderia dar certo, né?”. E resolvi fazer (atrapalhar não iria mesmo…). E não é que deu certo? Ficou durinho, sim! O palitinho aguentou!

Fiquei tão empolgada que fui fazendo até as impressões chegarem ao fim (é que levei algumas coisas para a casa da minha avó e só trouxe uma parte para cá… Então, tenho poucas coisas aqui – aquelas que eu considerei as mais importantes). Aos poucos, foi ficando fácil e divertido. Resolvi, por isso, fazer um passo  a passo para mostrar como eu fiz. O primeiro do blog. E faço isso porque acho que pode ajudar outras noivinhas que estão também tentando fazer…

Material:

– impressões semi recortadas

– tábua de carne

– tesoura afiada

– estilete (eu utilizei dois: um mais grosso, para o recorte das partes internas das imagens, e outro mais fino, quando sobrava alguma rebarba ou para cortar o durex que sobrava)

– durex

– fita dupla face

– papel 180g (acho que, com tesoura, deve dar até para ser 240g – 300g depende da tesoura)

– palito de churrasco

Como fazer:

Coloque fita dupla face na impressão.  Não é necessário forrar o papel com a fita. Eu deixei alguns espaços entre uma fita e outra. O grande cuidado que eu tive foi colocar fita dupla face nas pontas do desenho.

Depois, colar a impressão com a fita dupla face no papel escolhido (no meu caso, o 180g).

Recortar o contorno com a tesoura.

O meio (no caso da máscara, os olhos), eu recortei com o estilete maior.

Depois, é só pegar o palito de churrasco e colocar durex para formar a haste. Todos os excessos eu retirei com o estilete mais fino. E pronto!

E olha como ficaram bonitinhas… Ok, não ficaram perfeitas, mas fui eu que fiz! Maior orgulho…

Anúncios

12 comentários sobre “Apetrechos para photo booth – como eu fiz

  1. Adorei!!!
    To aqui morendo ja colei em um monte de papel ate encontrar vc me luz no fim do tunel!
    Estou faendo so teste impri na minha pobre impressora! Como imprimiu os seus impressora comum pq os meus ficaram uma decepção!

    Beijos

    • Oi, Ju! Obrigada pela visita!
      Imprimi na Faculdade, naquelas impressoras grandonas… Entrou vírus no meu computador e eu não consigo conectar a impressora ao notebook, então tive que imprimir por lá mesmo… Estou esperando o computador voltar ao normal para fazer o teste dos convites… Aí, sim, é que o bicho vai pegar…
      Beijos e boa sorte!!!

    • Oi, Nathy! Fiz um novo post reunindo todos as fontes e com ps links para os arquivos para download. Qualquer problema, me avisa, tá?
      Beijos e obrigada pela visita!

  2. Kelly disse:

    Muito legal!
    Eu estou organizando uma festa de 15 anos pra minha irmã, e como não tinha impressora em casa, fiz os desenhos em EVA, e colei no palito com cola quente…e deu certo também!
    É bem barato, e tem de várias cores…fica a dica!

  3. Camila disse:

    Ola!
    Onde encontro esse papel que vc usou?? Tem um nome específico p eu pedir???
    Sou de Salvador e estou indo para Sao Paulo comprar tuuuuuudo na 25… Ja peguei o seu guia…
    Ficaram otimos!!!
    Parabens pelo blog!

    • Oi, Camila, desculpa a demora da resposta. O papel reciclado 180g eu comprei na Kalunga. O papel paraná e o papel metier comprei na Papelaria Universitária (www.pu.com.br).

      Beijos

  4. Sirlene Lopes disse:

    Amei… excelente!!!
    Em qual papel você imprimiu os desenhos???
    Foi esses que você citou, paraná e metier?
    Ficou ótima a impressão brilhante, bonita!!!

    • Sirlene,

      No final, acabei imprimindo em papel A4 normal e colei em papel 180g. Depois recortei com tesoura e estilete. Ficou muito melhor do que tinha ficado antes.

      Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s