21 dias e uma reflexão acerca de noivos

O engraçado dessa vida de noiva (pela qual caminho nos últimos dois anos) é que noivo não gosta muito do assunto casamento. Ok não é todo noivo. E mais ok ainda que é um pouco exagerado. A verdade é que não é que eles não gostam do assunto, mas a gente exagera um pouco. E isso nem tem como negar.

Do início pra cá, o Fê mudou muito em relação ao assunto. Não quer dizer que ele vá tranquilamente comigo a um evento de noiva (se bem que já me despedi dos eventos de noiva no último Quer Casar com Estilo?), mas ele também não fica maluco quando toco no assunto (incessantemente, é verdade).

Acho que a principal diferença entre a noiva e o noivo é que se a noiva tiver que abrir mão de fazer alguma coisa para ajeitar as coisas do casamento, ela vai abrir mão. Tipo? Assistir ao jogo do Brasil na TV (e aí eu digo assistir mesmo – não só deixar a TV ligada durante o jogo e dar uma espiadela de vez em quando ou sempre que o narrador demonstra certo tipo de emoção extra). Enquanto isso, o noivo sequer considera pensar sobre o assunto que envolve a mulher vestida de branco com um buquê na mão. Não é que eu esteja reclamando. Não vejo problema algum em noivo não tão participativo. É só que de vez em quando o noivo dá a entender que a presença da noiva é essencial no evento. E simplesmente não há como dizer não. E tarefas que deveriam ser cumpridas simplesmente não o são (porque, acredite, sem esforço, elas não ficarão prontas sozinhas). E foi isso o que aconteceu ontem.

Fui assistir ao jogo com o Fê e acabei chegando em casa mais de meia noite. Cheia de coisa pra fazer e itens para riscar da minha To Do List. E se há o que fazer, não tem jeito; simbora dormir tarde. Ou aguentar até quando não dá mais para resistir ao sono.

Foi isso o que eu fiz ontem. Cortando fitinhas, colando as pontas e testando para a cortina de fitas que funcionará como o backdrop da photo booth passei algumas horas da madrugada. E deu certo (apesar de uma queimadura – com a pistola de cola quente – horrorosa no meu braço). Deixei tudo pronto… Tá… quase (falta ainda colocar na estrutura e cortar as fitinhas na mesma altura).

Poucas horas de sono depois, lá estava eu na Turiassu, indo em busca de MDFs e letrinhas para colocar na plaquinha da massagem. Passei em duas lojas: na AfrincanArt – que está com promoção de vários itens E – PASMÉM! – começou a fazer letras de MDF sob encomenda. Cheguei a falar com a vendedora: “AGORA???”. Imagina… fiquei mais de um ano indo àquela loja de MDF e sempre perguntando sobre as letrinhas e agora eles resolvem ter? Agora que eu já comprei as minhas e paguei frete? Dá uma raivinha… (Ah! A quem interessar possa, as letras ficam prontas em até cinco dias, mas a vendedora falou que pode ser mais rápido). Comprei na AfricanArt as pecinhas para pendurar os porta-retratos (devidamente pintados) na parede (super baratinho. 40 centavos cada triângulo e mais 5 centavos cada preguinho minúsculo. Achei também na loja uma bandeja já com divisórias, mas uma parte dela era vazada e achei que poderia não funcionar direito para colocar os doces. Descobri, na sequência, que eles fazem as divisórias sob encomenda também (é só falar as medidas). E é isso o que eu vou fazer. Outra coisa que eu vi foi um cofrinho. A única coisa ruim é que tem que pintar para usar (seria para a hora da gravata), mas acho que vamos usar o Alfredão mesmo (um cofrinho que o Fê comprou na primeira vez em que ele foi ao Pinguim, de Ribeirão). Ah! Por último, achei um suporte de bolo bem legal. Só que eu queria fazer o meu porque queria redondo.

(aliás, se interessar, aqui está o tutorial desse suporte de bolo aí de cima. Feito com MDF)

Só que ia demorar para eu escolher e ainda precisava ir à outra loja comprar as letrinhas. Aí deixei para outro dia.

Bom, segui eu para a Casa da Madeira para comprar as letrinhas para a plaquinha da massagem, comprar o tecido florido do casamento (para mandar para a Mary Rocha, que vai fazer meu bolo e alguns docinhos) e ainda alguns detalhes em gesso para colocar no porta-retrato. Hoje à noite monto tudo e conto amanhã.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s