Decorar gastando pouco

A Fabiana, do blog Reciclar e Decorar, postou há muito tempo uma dica super legal para quem não aguenta mais ver aquelas paredes brancas de casa. E o melhor: super simples e econômico, usando canvas e tecido.

20130923-224639.jpgAlém do canvas (a telinha para pintura), você vai precisar de um pedaço de tecido para forrar a telinha (que não deve ser muito fino. Acho que lonita pode ser ideal), grampeador de tapeceiro (algo que estou doida pra comprar!) ou tachinhas e uma tesoura. Aí é só forrar a tela com o tecido, fazendo primeiro de um lado, depois do outro. Ou seja, vertical com vertical e horizontal com horizontal.

imageA foto aí de baixo é da sala da casa dela. Toda modificada pela própria Fabiana (e, se não me engano, ela já fez uma baita reforma em casa – cheia de DIY, vale super a pena dar uma olhada!)

20130923-225145.jpgEu confesso que fiquei morrendo de vontade de fazer, mas aí dei uma passadinha na Leroy Merlin e encontrei estes quadrinhos aqui:

20130923-225347.jpgAchei que eles ficariam super legais na minha parede cinza. E aí descobri que eles acendiam (só coloquei pilha nos dois de baixo para dar uma ideia de como eles funcionam). Pode chamar de brega, mas achei super legal. E comprei os quatro. Gastei mais de uma hora escolhendo quais levar. Montando composições no meio do corredor de quadros da Leroy. Eram muitas opções! Mas eu gostei do resultado final. E como a parede está livre, se eu quiser posso colocar mais quadros depois…

20130923-225407.jpgPost original dos quadrinhos de lá de cima aqui.

Lacinho para convite

Você sabe fazer lacinho comum? Daqueles… tipo de tênis. Pois é. Eu achava que sabia. Até realmente precisar fazê-los.

Imagina uma pessoa fazendo lacinho e ficando mais de meia hora em cada um. Faz, desfaz, faz, desfaz… até ficar com a fita de cetim toda amassada, a  pobrezinha…

Nestes tempos de noiva, descobri que o que você não sabe fazer, você joga no Google e aprende. Porque no Google acha-se de tudo! E no You Tube também. Foi assim que cheguei neste vídeo aqui. Uma das coisas mais úteis que já encontrei ao longo da minha trajetória casamentícia. Porque as dicas são muito boas mesmo. Vale a pena assistir. Meu laço virou outra coisa. Não é perfeito, mas sabe aquela coisa de falar “fui eu que fiz”? Então… é exatamente isso. Depois prometo que coloco uma foto dos lacinhos.

 

Ou assista ao vídeo por aqui.

Pregadores de roupa forrados

Na minha busca por mini prendedores para o varal de fotos (comprei os meus na Matsumoto, lá na Barão de Duprat), achei um milhão de prendedores diferentes. Um dos que eu achei mais bonitinhos são os prendedores forrados com tecido.

O meu primeiro contato (real) com este prendedor foi no chá de cozinha dos meus cunhados (aliás, falei sobre isso, mas acabei não colocando fotos). Achei a coisa mais fofa!

Aí hoje, olhando o site do canal Bem Simples, encontrei um vídeo com o tutorial. Aliás, para quem gosta de receitas, artesanato e afins, o canal é ótimo. No site, sempre tem várias dicas, principalmente para adaptarmos para os nossos momentos DIY.

http://c.brightcove.com/services/viewer/federated_f9?isVid=1

Vídeo postado originalmente aqui.

Sachês de lavanda – DIY

É muito engraçado isso… fico sem postar um tempão, mas quando consigo, coloco vários posts no ar.

Este é mais um tutorial. Desta vez, do Intimate Weddings, um blog que eu adoro! Ele é uma espécie de Casando sem Grana das americanos. Ali, só casamentos realmente econômicos. E o que é mais legal, tem uma especie de relatório de gastos, o que mostra para nós, noivas, o quanto é possível ser criativa (tem muita coisa DIY!) e econômica.

O projetinho DIY desta vez é um sachê de lavanda (a minha ideia é fazer um coração de feltro com o recheio com manta acrílica e lavanda). Achei este tutorial bonitinho e até prático.

Tutorial, em inglês, aqui.

 

Como fazer pompons

Encontrei um post hoje no blog Polka Dot Bride muito legal: ele ensina a fazer pompons…

Pelo que entendi, basicamente a história é a seguinte: papel de seda, arame (o mesmo que usa para fazer o buquê de broches) e cordão para amarrar (acho que dá até para ser fio de nylon): dobra, dobra, dobra, amarra com o arame, arredonda as bordas, espalha para as laterais o papel de seda e vai abrindo até arredondar tudo. E pronto! 

 

Original, em inglês, aqui.