Em contrapartida…

Este é um post-elogio. Uma quase ode (quem dera!) a alguns bons fornecedores. Depois do último post fiquei meio chateada… E aí lembrei como existem pessoas que são, além de muito competentes, muito legais. E fiz uma pequena lista delas. Lógico que aqui não estão todos, mas estão alguns com quem tive um pouco de contato.

Shirley Yáñez. A Shirley é assessora no Rio. E eu sou fã número zero dela. Descobri a Shirley em 2010. Ela escreve o blog Para Falar de Casamento, espaço repleto de boas ideias e imagens lindas de viver. Tive a sorte de ganhar um sorteio no blog (o que me rendeu, no dia 24 de dezembro de 2010 uma caixa de brigadeiros sortidos da Coisas de Alice (muuuuito bons!). O presente veio numa caixinha linda com um cartão mais fofo ainda. A Shirley é uma daquelas pessoas meigas e de bom coração. Além de competente. Sabe aquele tipo de pessoa de quem você só ouve elogios? E as belezas que são os casamentos nos quais ela trabalha? Sempre diferentes, sempre lindos, sempre românticos. É aquele tipo de coisa que você olha a foto e fala: “Só podia ser casamento da Shirley mesmo”. Sem contar que ela ajuda as noivinhas, mesmo sabendo que você não mora no Rio (cidade de origem dela) e, por isso, você não a contrataria. Ela responde comentários e visita humildes blogs de noivas como eu. Shi, se você estiver lendo, sou sua fã. E se eu fosse do Rio nem pensaria duas vezes para te contratar. Ainda que fosse só para o cerimonial do dia.  

Janete Pimenta. A Janete é a Shirley da decoração. O blog dela, Pepper Wedding, é maravilhoso. Um daqueles que você pega do começo ao fim, sem nem perceber o tempo passar. Só pra ver o que ela andou aprontando nos últimos anos. E tudo, sempre, é lindo. A primeira vez que a vi foi no Bride’s Day, evento da Cristina Nudelmann, que aconteceu no começo do ano passado. Imaginava uma mulher toda metida e afetada. Fiquei impressionada com o quanto é diferente. Ela é simples, apesar de todo o nome que tem. Mais um ponto pra ela. A Janete é daquele tipo de fornecedor que parece que é amiga. Você lê o blog, segue no Twitter, comenta de cá, comenta de lá e, mal percebe já acha que conhece a pessoa (guardadas as devidas proporções, claro). Sou fã. Ela comenta aqui de vez em quando, ajuda, dá opinião. Ela é o máximo! E um absurdo de competente. Daquele tipo de fornecedor que você pode ficar tranquilo. Porque tudo vai dar certo. Certeza! Ainda preciso fazer reunião com ela. Só $$$ e data indisponível podem fazer com que não dê certo.

Marcia Piveta. Minha fotógrafa fofa, fofa, fofa. Adoro a Márcia. Eu a enxergava como baixinha invocada (ela é quase do meu tamanho e se você ler os tuítes dela, vai comprovar a outra parte), mas descobri que é um amor de pessoa. Foi a primeira fotógrafa de  casamento que conheci. Foi responsável por eu ter escolhido me casar na Capela da Puc. Foi a primeira reunião que fiz. E, um ano e não sei quantos meses depois, conseguimos fechar. Vários percalços no meio. Fiz um milhão de mudanças nas nossas negociações. Enxi o saco dela, coitada, mas ficou bom para ambas as partes. Espero. Sou fã da minha fotógrafa. 

Rafael Karelisky. Fotógrafo super competente e simpático. Mas como ele faz muito editorial de moda, sempre que penso nele, penso que ele faz fotos de noivas muito bonitas. Não sei… Acabei contratando o Rafael para fazer fotos de executivos para uma empresa onde trabalhava. E ficaram muito boas! Muito boas mesmo! Ele é o tipo de profissional que vai, arrisca. É meio molecão (acho que ele tem 26 anos…), mas super profissional. Me indicou fornecedores de decoração. E… a Janete Pimenta (“fala que eu indiquei!”).

Danilo Siqueira. Pense em um fotógrafo competente. Com fotos lindas. Lindas, lindas, lindas. É o Danilo. Ele não pode pegar meu casamento porque trabalha como publicitário durante a semana (e o meu casamento é numa quinta-feira). O valor também estava acima do que eu podia pagar. Mas foi super simpático. Mesmo.

Evolution Wedding. Meu contato foi com o Pará, um dos sócios da empresa. Mineiro super simpático e que fala pelos cotovelos. Ele capta exatamente o que você quer, faz um milhão de perguntas para tentar entregar pra você o melhor trabalho possível. O valor é alto para o meu orçamento, mas posso dizer que compensa. Ah! E eles fazem same day edit, o que é muito legal. E são de Belo Horizonte.

Santo Vício Chocolates. A Stella, proprietária da empresa é super simpatica. E os doces são maravilhosos! é experimentar um e falar “Noooossa!”. Experimentar o outro e seguir com mais um “Noooossa!”. Enviou até indicação de vídeo, depois da degustação (tinha comentado que ainda faltava contratar). E ela nem tinha obrigação de nada. Simpático, né?

Anúncios

Passou da hora de fechar o fotógrafo

Outro dia, recebi um e-mail de uma amiga que se casa também no ano que vem. Eu, que até pouco tempo estava super adiantada, estou mega atrasada! Em dois meses ela já fechou vestido, foto, filmagem e decoração. Vestido eu já tenho, mas o resto ainda não fechei nada. Nada! E meu casamento é um mês antes do dela. E, em poucos dias, vai faltar um ano! 1 ANO!!! Fiquei com muito medo de estar mega atrasada. E o pior é que ainda não dá para fechar muita coisa.

São tantas coisas pra pra fazer, mas acho que o mais importante agora é fechar o fotógrafo. O único detalhe é que, claro, quando gosto do trabalho, não gosto do preço. Quando gosto do preço, não gosto do trabalho.

Analisei muita coisa até chegar ao momento atual. Agora, no final, estou entre poucos fornecedores. Todos eles têm, basicamente, o mesmo preço e trabalham do jeitinho que eu gosto. São eles:

Marcia Piveta e Vladimir Nacci – casal super simpático. Já falei sobre eles aqui, aqui e aqui (num post ainda incompleto – um dia eu termino!).  

Rafael Karelisky – também super simpático. Cheguei a trabalhar com o Rafael em uma sessão de fotos com executivos de uma empresa para a qual trabalhei.

Wellington Feitosa – descobri seu trabalho recentemente e gostei bastante. Marquei uma reunião para conhecê-lo nesta semana.

Vini Brandini – é de Jundiaí e cobra 300 reais de taxa de deslocamento. A taxa mais cara que encontrei (alguns, como o Ricardo Büchner, não cobram. Outros cobram depois de 100km rodados e paga-se menos de 1 real por km rodado – o que eu tb não gostei).

Penteados de noiva

No dia do meu casamento, quero usar dois penteados. Um para a cerimônia, outro para a festa. Ainda não sei exatamente como eu quero.

Acho que o segundo penteado tem que ser alguma coisa mais prática, um meio preso, provavelmente.

20110831-023747.jpg20110831-023714.jpg

20110831-024021.jpg

20110831-023646.jpg

Foto: Jenny Martell

Mas o do cerimônia eu não sei. Estava pensando em uma trança lateral. Um dos cabelos que eu mais gostei é este aqui embaixo, da Puntuale. Achei lindo, mas minha mãe acha muito bagunçado.

20110831-023622.jpg

Foto: Rafael Karelisky

20110831-023911.jpg

20110831-023947.jpg

Um outro problema é que eu queria usar voilette, mas também não sei exatamente porque minha mãe me pediu (muitas, muitas) vezes para eu usar véu (e o Fê me pediu peloamordedeus para eu não usar véu cobrindo o rosto). 

20110831-024333.jpg

20110831-023843.jpg

Talvez um preso desarrumado com uma flor…

20110831-024059.jpg

Ou alguma coisa mais preso mesmo…

20110831-024456.jpg

Adoro também aquele penteados meio anos 50, com um volumão. O problema é que aí não combina com o meu vestido… pra mim, esse penteado tem uma carinha de saia rodada e mei vestido não tem nada nada de volume. Portanto, descartado…

20110831-024127.jpg

20110831-024203.jpg

Foto: Rafael Karelisky

20110831-024402.jpg

Uma outra coisa que eu não sei (mais uma…) é se quero me casar morena ou loira. A questão e á  seguinte: fiquei foira por quatro anos. Na última vez que fui fazer a raiz das luzes, corria o risco de eu virar mega loira (tipo Xuxa, sabe?), por isso resolvi escurercer o cabelo (mas escurecer mesmo!). Até que estou me acostumando com o meu novo cabelo (ainda é meio estranho olhar no espelho, viu?), mas é tão raro encontrar noivas morenas com penteados bonitos. Geralmente, os penteados que eu mais gosto são de noivas loiras (deu pra reparar pelas fotos que eu selecionei, né?). Acho que, claro, chama mais atenção. Outra coisa é a parte que eu mais gosto das luzes e mechas: o contraste. Quando você faz o penteado, pega partes diferentes do cabelo e o contraste acaba ficando mais evidente. E muito mais bonito, pra mim. Mais uma coisa que eu ainda tenho que decidir.

Quer casar com estilo?

Minha história com o evento ‘Quer casar com estilo?’, evento organizado da Lista Perfeita, é uma novelinha. No ano passado, pouco depois de termos decidido que iríamos nos casar, me inscrevi para o evento e fui sorteada. No dia anterior (era em um domingo), eu e o Fê tínhamos ido visitar alguns lugares e ficamos completamente desiludidos. Tudo era muito caro. Muito mais do que pensávamos que poderia ser. E simplesmente chegamos à conclusão de que não poderíamos pagar pela festa. O evento era no dia seguinte e eu só consegui chorar naquele dia. E não fui. O engraçado é que no mesmo dia foi o eventinho de dois anos do blog Vestida de Noiva, para o qual eu também fui sorteada e (também) não fui.

Neste ano, tudo mudou. Meus pais entraram na jogada, vai ter festa… E, logo no primeiro semestre, teve mais um Quer Casar Com Estilo? Apesar de ter sido uma das primeiras pessoas a se inscrever (afinal, estava maluca pra ir no evento ao qual não fui ano passado), não fui sorteada. A palhaçada maior é que nem me deram explicação. Simplesmente ficaram mudos. Eu tive que entrar em contato para saber o resultado. Maior palhaçada! O que me disseram é que eu não tinha sido sorteada e deu ptoblema no RSVP (só para constar: a “organização” era da Salve Sto Antonio). Eu realmente queria ter ido…

Agora, no segundo semestre, abriram novamemte a inscrição para o evento. Fiz minha inscrição sem nenhum tipo de pretensão. Depois de tudo o que aconteceu, não queria criar expectativas para não me decepcionar. Pela terceira vez.

Mas não é que eu fui sorteada? Vai ser no dia 04/09: mesmo dia do chá de panela da Carol, lá do grupo de noivas. Mas vai ser pela manhã. E, o mais legal: o Fê vai comigo! É! Ele VAI comigo. Nem acreditei!

Quer saber sobre o evento? Clique aqui.

Pra terminar, fotos das últimas edições.

Fotos: Rafael Karelisky

Fotos: Narciso Souza

Foto: Fernanda & Sharon

Fotos: Marina Favato

Puntuale

Acho que uma das maiores loucuras que vou cometer no casamento inteirinho é a contratação do fornecedor do Dia da Noiva.

Foi caro, eu confesso. Mas era o que eu queria. Não fechei no espaço com o qual eu sonhava, o fotógrafo não será dos sonhos, o vídeo também não, não terei banda porque é muito caro. Mas cabelo e maquiagem tinha que ser perfeito!

Já falei por sobre a Puntuale aqui. Hoje, no entanto, foi surpresa ao ler um post no blog italiano Tren Di Nozze com uma das razões de eu ter contratado o serviço deles (este cabelo aqui embaixo…)

Foto: Rafael Karelisky

(…) e sem crédito. Não tive dúvidas. Postei um comentário falando sobre os créditos da imagem (cabelo by Puntuale / acessório by Casa vasconcellos). Mas fiquei super contente. Afinal, foi um dos motivos por eu ter contratado a empresa e é a empresa que vai fazer meu cabelo e minha amquiagem. Maior orgulho, né?

O post do blog Tren Di Nozze está aqui. Meu comentário está lá no fim.

Mais fotografia

Ontem a reunião foi com o Rafael Karelisky. Bom fotógrafo. Simpático. Falaaaaaaa. Incrivelmente, acabamos em uma reunião com a 4GP, mas realmente é muito cara! E sabe de uma coisa? No final, a grande diferença deles é o clipe. O resto é tudo muito longo e muito igual. Defini que não estou muito a fim de pagar tanto por vídeo, mas isso é outa história.

Achei as fotos do Rafael muito bonitas. Os ensaios são lindos, o tratamento de luz em algumas fotos… achei bem bonito!

O preço ficou bom (lembrando que eu fui com a Silvia e tem aquela negociação básica). Cerca de 4.000,00 e uma forma de pagamento interessante. O que gostei é que os noivos podem escolher o álbum depois (e são vários formatos diferentes!).

Nossa próxima reunião é hoje, coma Premiere Digital. Vamos ver vídeos.

Ah! E o engraçado é que eu acabei fechando um job com ele para fazer fotos de uma empresa. É bom pra eu saber como é trabalhar com ele.

Pequena atualização: a escolha do fotógrafo

São agora cinco (e não quatro!) os fotógrafos da seleção final: Marcia Piveta & Vladimir Nacci, Carla Camp, Rafael Karelisky, Foco Estúdio e Túlio Vidal.

A Marcia e o Vladimir visitamos no sábado. A Carla, hoje. O Rafael conheceremos amanhã. Com o Nelson, da Foco conversaremos na sexta. Falta só o Túlio, que ainda nem mandou o orçamento. Vamos, seu Túlio!

(Só pra constar: a história do Túlio eu conto depois…)